g2h

segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Exercício de Globalização e nova ordem mundial

 1) A ordem mundial atual pode ser destacada pela consolidação dos Estados Unidos como a grande potência militar e a presença desse país ao lado de outras lideranças (UE e China) que se apresentam como grandes potências econômicas. Se seguirmos essa linha de raciocínio, podemos dizer que vivemos em um mundo:


 a) unipolar

 b) unimultipolar

 c) pluropolar

 d) multipolar

 e) bélico-econômico

2) “Cansados do domínio americano do sistema financeiro global, cinco potências emergentes vão lançar esta semana sua própria versão do Banco Mundial (Bird) e Fundo Monetário Internacional (FMI). Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul — o chamado grupo do Brics — estão buscando ‘alternativas à ordem mundial existente’, segundo as palavras de Harold Trinkunas, diretor da Iniciativa Latino-Americana do Brookings Institute […]”.


(O Globo, 14/07/2014. Banco de fomento do Brics é alternativa à ordem mundial existente, dizem líderes e analistas. Disponível em: <http://oglobo.globo.com/economia>. Acesso em: 19/09/2014).


A posição do Brics frente à Nova Ordem Mundial reflete, de certo modo, a polarização econômica que marcou o mundo após a Guerra Fria. Tal polarização reflete-se na oposição entre:


 a) o norte desenvolvido e o sul subdesenvolvido

 b) o leste socialista e o oeste capitalista

 c) as economias planificadas e as economias de mercado.

 d) as potências industriais e as sociedades agrícolas.

 e) os países imperialistas e as nações neocoloniais.

 “Alguma coisa


Está fora da ordem


Fora da nova ordem mundial”


(Caetano Veloso – Fora de Ordem)


3) Em termos gerais, uma ordem geopolítica mundial representa:


 a) o contexto bélico do mundo.

 b) a relação da diplomacia internacional.

 c) a disposição de equilíbrio de forças entre países.

 d) um conceito teórico sobre as soberanias ditatoriais.

 e) a divisão do mundo entre desenvolvidos e subdesenvolvidos.

4) (UERJ – 2009) G-20 adota linha dura para combater crise


Grupo anuncia maior controle para o sistema financeiro


Cercada de expectativas, a reunião do G-20, grupo que congrega os países mais ricos e os principais emergentes do mundo, chegou ao fim, em Londres, com o consenso da necessidade de combate aos paraísos fiscais e da criação de novas regras de fiscalização para o sistema financeiro. Além disso, os líderes concordaram, dentre várias medidas, em injetar US$ 1,1 trilhão na economia para debelar a crise.


Adaptado de http://zerohora.clicrbs.com.br


A passagem da década de 1980 para a de 1990 ficou marcada como um momento histórico no qual se esgotou um arranjo geopolítico e teve início uma nova ordem política internacional, cuja configuração mais clara ainda está em andamento.


Conforme se observa na notícia, essa nova geopolítica possui a seguinte característica marcante:


 a) diminuição dos fluxos internacionais de capital

 b) aumento do número de polos de poder mundial

 c) redução das desigualdades sociais entre o Norte e o Sul

 d) crescimento da probabilidade de conflitos entre países centrais e periféricos

5) A Nova Ordem Mundial assinala o fim da bipolaridade entre União Soviética e Estados Unidos. Então, a partir do início do século XXI, os norte-americanos iniciaram uma guerra ao terrorismo, que passou a ser o novo adversário dos EUA no cenário internacional. Um evento que pode assinalar essa nova empreitada é:


 a) A Guerra do Iraque, cujo objetivo era aniquilar o terrorista internacional Saddam Hussein.

 b) A caçada e morte de Osama Bin Laden, em 2 de Maio de 2011.

 c) A Guerra das Coreias, com o objetivo de exterminar terroristas norte-coreanos.

 d) A Guerra entre Israel e Palestina, em que os EUA buscaram extinguir facções terroristas israelenses.

Postagens populares